Volkswagen revela o interior do Novo Gol 2017

novo gol 2017

A vida do VW Gol nunca esteve tão difícil – além da crise que reduziu em mais de 30% as vendas de carros no país, o modelo que foi durante quase três décadas o mais vendido do país, vem perdendo terrenos para rivais mais modernos, como o Chevrolet Onix e Hyundai HB20, no último ano, o compacto da Volkswagen amargou apenas o sexto lugar entre os mais vendidos no Brasil. Sabendo disso, a marca prepara um novo facelift para o Gol modelo 2017. Uma imagem divulgada nessa quinta (11 de fevereiro) mostra uma das novidades do carro – o  interior – que será completamente novo,  contando ainda com novos equipamentos e uma inédita central multimídia.

Com é possível ver na foto, o novo Gol 2017 (lembrando que este facelift também será estendido a Saveiro e o Voyage), recebeu acabamento mais refinado, o volante é novo – assim como o painel –  que apresenta um desenho bem mais moderno e atraente, com novas saídas de ar, novos botões e um inédito sistema multimídia – que deve vir de série nas versões mais caras e oferecido como opcional nas demais, o item contará com conectividade para smartphones por meio dos App Android Auto e Apple CarPlay. O motorista pode comandar aplicativos do celular como o Spotify por meio da tela touch-screen no painel.

novo vw gol 2017O visual do Novo Gol 2017 será inspirado no Polo europeu, foto acima

Além do interior completamente novo, a nova família Gol deve receber um discreto tapa no visual. As mudanças serão bem tímidas (uma plástica mais robusta deve ser visto apenas na próxima geração do hatch prevista para 2018) e basicamente ficaram concentrada na dianteira, como mostra alguns flagras feitos do modelo.

O menos entendidos em carros vão ter dificuldade para diferenciar o “novo” modelo do Gol atual. A grade frontal será renovada, assim como os faróis e o para-choque dianteiro que nas versões mais caras terá um friso cromado. A inspiração veio do Polo europeu (foto acima).

Já no conjunto mecânico a expectativa é de que no Gol G7, o tradicional bloco 1.0L quatro cilindros de 76 CV usado até então, de lugar ao moderno 1.0L três cilindros de 82 CV – empregado atualmente no UP e no Fox. Já o motor 1.6L deve continuar a ter 104 CV, a rumores de que as versões mais caras do Gol e Voyage podem receber o moderno 1.6 16V de 120 CV e 16.8 kgfm atualmente usado no Gol Rallye e na Saveiro.

Ainda na parte mecânica o Gol deve passar a vir de fábrica com direção elétrica, no lugar da atual hidráulica.

Se esse facelift (o segundo do Gol atual, o primeiro foi em 2012) vai ser suficiente para colocar o Gol de volta entre os lideres do mercado, só o tempo dirá. Mas quem esperava um Gol G7 totalmente novo – com design arrojado, vai se decepcionar.

Deixe seu comentário ou pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *